Vinte e Quatro

Uma exposição de Cosmoramas originais a combinar com micronarrativas, no coração de um centro comercial.

No centro comercial e de lazer La Praille, em Genebra, Cosmogama organizou, por ocasião das festas de fim de ano de 2020, uma exposição de vinte e cinco Cosmoramas, realizados por Jeanne Roualet. Cada Cosmorama é acompanhado por uma micronarrativa escrita por Fabrice Melquiot. 

Na tormenta da crise sanitária e económica provocada pelo Coronavírus, fizemos da poesia, da beleza, da contemplação, os elementos de uma festa dos sentidos e da sensibilidade. 

Um calendário de advento a preto e branco, uma narração fragmentária que dá a ouvir a voz de um Pai Natal mais real do que o original, isolado na sua cabana na Lapónia, no meio da neve, com o olhar atento sobre o mundo que se agita e sobre a memória da infância que nos constrói. 

Um ilhéu invernal, onde nada está à venda, tudo é para ver, para explorar, para sentir, para partilhar.